Skip to content

It’s the NBA Finals!

15/06/2012

Oklahoma City Thunder e Miami Heat iniciaram a decisão da temporada da NBA.

A série, com jogos equilibrados, está empatada após os dois primeiros confrontos em Oklahoma. Nestes dois jogos, o Miami começou melhor e conseguiu abrir uma diferença superior a dez pontos. Apesar do começo morno, o Oklahoma conseguiu virar o primeiro jogo quando o gás pareceu faltar ao Heat, que enfrentou uma desgastante série contra o Boston Celtics. No segundo, o Oklahoma novamente subiu a temperatura do jogo e chegou perto, mas o Heat acabou por prevalecer.

Nesta série, o Heat é o time veterano, o que não é exatamente comum para seus jogadores, que normalmente têm a vantagem física sobre os adversários. Um alento ao Heat, foram os dois primeiros jogos sólidos que produziram Chris Bosh e Shane Battier. O Oklahoma possui duas jovens superestrelas em Kevin Durant e Russell Westbrook. Conta ainda com o excelente desempenho de James Harden nos playoffs e o apoio de Serge Ibaka na defesa – seu ponto forte – e boa presença no ataque também.

Lebron James está em sua terceira final, e uma nova derrota colocará mais dúvidas sobre sua capacidade de liderança, já que o talento é indiscutível. Principalmente depois da contestada decisão de se juntar ao maior rival na conferência, Dwyane Wade, para formar uma superequipe. Wade já possui um título, conquistado quando jogou ao lado de Shaquille O’Neal, já beirando o ocaso da carreira.

O Oklahoma é o transformado Seattle Supersonics, tradicional equipe que mudou de cidade e nome. Westbrook e Durante têm tudo para formar uma nova dupla dinâmica capaz de dominar o cenário da NBA por anos. Uma das chaves para que o Oklahoma possa vencer é a defesa em cima de James, que deve ficar a cargo de Thabo Sefolosha, a fim de não desgastar ou correr o risco de acumular faltas em Durant. Além disso, a maior envergadura de Durant sobre Wade, pode dificultar o jogo deste último, ainda que ele seja mais rápido do que o primeiro.  Por sua vez, o Miami precisará não só do brilho de suas estrelas, mas de um apoio consistente de jogadores como Battier, Udonis Haslem e Mike Miller. James e Wade acabam por dividir a função de armador, pois esta é uma posição carente do Heat, que conta com Mario Chalmers e o novato Norris Cole, muito questionados.

De qualquer modo, a série começou emocionante e a tendência é se manter assim.

Anúncios

From → Esportes

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: