Skip to content

Polícia do Pensamento

06/04/2011

Não se pode mais dizer a verdade. No Rio de Janeiro, um delegado que disse evitar a Linha Vermelha a noite foi afastado do cargo porque o comando da polícia civil reprovou a declaração. Como se o fato de ser delegado o tornasse alguma espécie de super-herói a não temer mal algum.

O politicamente correto tornou-se uma ameaça a liberdade de expressão, ao pensar diferente. Quanto mais o Estado parece desenvolver uma política de satisfação das massas oprimidas, mas ele se torna opressor. Discordar das políticas sociais é sinônimo de ser inimigo das ditas minorias e marginalizados. Quanto mais supervalorizados passam a ser os direitos fundamentais, outros são refreados. Até aqui a liberdade de expressão parece ser a maior vítima.

Mais do que antes, o Brasil parece viver uma fantasia de progresso – o welfare brasileiro – e, para manter a ilusão, o governo ignora direitos, censura, atropela a constituição e impõe a sua doutrina.

O paradoxo é que parece que se chegará a um Estado totalitário por vias democráticas.

Anúncios
One Comment
  1. Não sabia que isso havia ocorrido.
    As vezes eu me perco de mais no mundo da computação e esqueço o resto. hehe
    De qualquer forma, sua redação é muito boa.
    Blogueiros com um bom conteúdo quando se trata sobre uma visão crítica do estado é realmente raro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: